quinta-feira, 26 de julho de 2012

Felicidade em 10.000



Galeeeeraaaaaa a gente está fazendo 1 ano de blog! Estou tão feliz! Meudeus como o tempo passa rápido... e percebi que em todo esse tempo, por menos que o Perfeitinha não tenha crescido tuuudo aquilo, ele mudou muuita coisaa graças a essas leitoras maravilhosas que agradeço desde sempre que seguem o blog, mesmo que não seja frequentemente mas quando podem ver o blog, veem, e isso me faz a pessoa mais feliz de todas. E também conseguimos chegar as 10.000 mil visualizações!!!! AAAAAAH QUE FELIZ ESTOU! Obrigada mesmo, mesmo, mesmo, mesmo gente, e vou dizer isso 349835783456 mil vezes até vocês enjoarem UHAUHAUHAU.

Bom, mudando de assunto, estava dando uma olhada na fanpage Psicopata Anônimo do Facebook e achei este texto que eu adorei e resolvi mostrar pra vocês. Da uma olhada.



“Você é muito permissiva nos seus relacionamentos, por que você deixa as pessoas te tratarem assim?”, ela me perguntou depois de um ano de terapia. E eu fico meio embasbacada, porque como eu AINDA sou assim? Antes eu tinha uma necessidade meio surreal de que as pessoas gostassem de mim, me aceitassem, vissem minhas qualidades. Mas eu parei com isso, eu juro.

Parei porque cada dia percebo mais que preciso menos de gente que um dia eu considerei essencial. Parei que percebi que, se tem gente que não se esforça para me entender, porque eu tenho que dar um órgão vital do meu corpo pra conseguir aceitar o outro?

E sabe, cada vez que permiti essa auto-tortura por alguém, foi para posteriormente ficar com um “trouxa” escrito na texta, em todas as nuances. Nenhuma dessas relações em que eu fui permissiva valeram a pena, pelo menos o exemplo comprovou até agora. Puro empirismo.''

Decreto aqui o fim da permissividade.



4 comentários:

  1. Parabéns que você tenha muuitas visualizações ♥
    http://www.blog-justnow.com/

    ResponderExcluir
  2. Obrigada e igualmente para o Just Now ^^

    Beijos ♥

    ResponderExcluir